Especificação, Instalação e Uso para manômetro

Especificação, Instalação e Uso para manômetro

Para especificar um manômetro levamos em conta os seguintes fatores:

Montagem do manômetro

Os manômetros podem ser fabricados para serem fixados diretamente ao processo com dois tipos de saída: vertical (reta), horizontal (angular). E também podem ser fixados através de flanges ou garra de fixação. Ainda há possibilidade de acessórios que ficam entre o manômetro e o processo como tubo sifão, selo diafragma e selo tri-clamp.

Conexões para manômetro:

As conexões (rosca) para manômetros podem ser da seguinte forma:
Cônicas: A vedação é feita através da própria rosca podendo ser utilizado fita, pasta ou trava rosca como elemento auxiliar.

Paralelas: Vedação feita na face da conexão através do anel o’ring.

Os tipos mais comuns de roscas utilizadas nestes instrumentos são:
NPT e BSPT: Cônicas.
BSP e Métrica: Paralelas.
Normalmente manômetro com caixa na dimensão de 52/62mm possuem rosca na dimensão de ¼” ou 1/8” , para manômetro com caixa na dimensão de 100mm/114m/160mm/200mm são com rosca de 1/2”. Porém podemos fabricar da melhor forma para a aplicação.
Diâmetro da caixa:
O manômetro pode ser fabricado com caixa nos diâmetros de 40/52/62/100/114/160/200/250/300mm. É importante verificar onde a peça vai ser utilizada e o melhor diâmetro para a aplicação.

Material da caixa e interno do manômetro

O manômetro pode ser fabricado com caixa em aço carbono e internos em latão conhecido como manômetro standard. Seu uso é indicado para uma ampla gama de aplicação pois apresentam uma ótima relação entre custo e benéfico. Outro modelo de manômetro standard é o com caixa de aço inox e internos em latão. Essa construção aumenta a durabilidade da caixa em relação ao tempo quando comparado com o de caixa em aço carbono. A terceira construção são os manômetros com caixa e internos em aço inox (manômetro petroquímico). Indicados para aplicação onde o ambiente e o fluido são corrosivos. Muito utilizados em indústria alimentícia, química e petroquímica.

Escalas de pressão para manômetro

A faixa de pressão ideal para o manômetro é de 2 vezes a pressão de trabalho, afim de se obter maior vida útil e melhor precisão do instrumento. No entanto, estando a faixa de operação entre 25 e 75% da escala do instrumento o resultado será satisfatório.

Manômetro com Glicerina

Os manômetros com líquido anti vibração (manômetro com glicerina) são indicados em máquinas ou equipamentos onde ocorre vibração ou pulsação constante. Devido ao preenchimento com líquido, as oscilações são atenuadas fornecendo uma melhor leitura.

Exemplos de como especificar o manômetro:

Manômetro standard (modelo) com caixa de 100mm (diâmetro da caixa), conexão de ½” bsp reta (montagem do manometro), com glicerina, escala de 0 a 150 psi (escala de pressão).

Manômetro petroquímico (modelo) com caixa de 62mm (diâmetro da caixa), conexão de 1/4” bsp angular (montagem do manometro), sem glicerina, escala de 0 a 150 bar (escala de pressão)

Manômetro standard (modelo) com caixa de 62mm (diâmetro da caixa), conexão de 1/4” bsp angular com flange frontal(montagem do manometro), sem glicerina, escala de 0 a 150 bar (escala de pressão).

Link download dos catálogo de manômetros Salvi

Manômetros

Downloads